terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

O ELEU

é um sim/não
sem vez
o eleu parece, desaparece. alma do parece, desparece! perece
deste
sim/não que é senão
aqui.
a alegre
a alegre transmutação do mato
a alegre transmutação da mata
o eleu, de manhã ele de noite eu.

ambos
tropeçam do desembaraço deste ver e desaparecer de ser visto

1 comentário: